Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Retrocesso

13fev12

E quando corre e caminha por quilômetros no sol, chuva sequidão, poeira, matos, asfaltos e calçamentos escala-se tortuosas montanhas e quando se chega ao topo, Nada. Não há pote de ouro. Não há água. Não existem frutas ou animais. Deserto. Recomeçar é preciso. É urgente. Retroceder à infnitude do incosciente para enxergar a força necessária […]